Linguagem Jurídica
3.5.05
 
Contratos - VIII
Troque minutas com o seu cliente. O seu cliente deve ser minuciosamente instruído acerca do contrato e dos riscos que ele implica. Um bom meio de fazê-lo é adiantar as minutas, para discussão conjunta. Não esqueça de colocar, em destaque, que se trata de minuta, datando-a.

Busque que alguém faça a revisão. Peça sempre para alguém criterioso e, conforme as circunstâncias, não diretamente envolvido com o negócio, ler o documento antes de ser dado por finalizado. Ter um revisor que não esteja inteiramente a par do que as partes estão pretendendo com a transação ajudará a clarificar algum ponto. Também servirá para rever o idioma, a grafia correta e a boa e adequada apresentação das cláusulas em particular e do contrato como um todo. Lembre-se de checar a grafia de nomes, números de documentos, endereços e também referências a leis, documentos, datas, cálculos, cláusulas, figuras ou números apresentados ao longo do contrato e de seus anexos.

Detalhes finais: (a) não esqueça das testemunhas instrumentárias; (b) deixe espaço suficiente para a assinatura e para o nome dos signatários; (c) numere as páginas; (d) date o contrato e especifique o local em que foi assinado; (e) peça para que as partes rubriquem as páginas (inclusive de eventuais anexos) e assinem o contrato, preferencialmente, com caneta de cor azul, para diferenciar o original das cópias.
Comments: Postar um comentário

<< Home

Powered by Blogger