Linguagem Jurídica
11.5.05
 
A relevância da gramática.
“É difícil encontrar persuasão onde existe fraqueza de redação; sem a virtude gramatical não existe fascínio ideológico; não convence o expositor de uma idéia quando demonstra insegurança gramatical na forma de expô-la. Quem se acostumou à Filosofia, às Letras Clássicas e ao Direito dá à idéia valor igual ao de sua externação; escolaridade e falta de educação lingüística não se coadunam para quem se familiarizou com a civilização greco-latina. Como respeitar a idéia de quem não respeita o idioma em que a expõe?”

Napoleão Mendes de Almeida, “Dicionário de Questões Vernáculas”
Comments:
I found some search engines.
But i dont understand the type it.

levitra
phentermine
carisoprodol
 
Postar um comentário

<< Home

Powered by Blogger